TÉNIS DE MESA PARALÍMPICO – Brasil poderá garantir mais cinco presenças em Tóquio 2021

 

Foi publicado o Manual de Classificação com a actualização dos critérios de qualificação para os torneios de ténis de mesa, ficando determinado que os melhores de cada continente no ranking mundial de abril terão vaga directa garantida, desde que não tenha sido realizado o torneio continental individual de suas classes (Parapan). Com esta decisão o Brasil vê aberta a oportunidade de ter presente nos Jogos Paralímpicos de 2021, em Tóquio, mais cinco mesatenistas aos cinco já apurados, entre os quais Bruna Alexandre (F10), Cátia Oliveira (F2) e Lethícia Lacerda (F8) que são as melhores das Américas nas suas classes. Também os atletas que estão entre os primeiros em determinadas classes carimbaram os passaportes. Em M7, Israel Stroh é o sexto dos sete primeiros estão qualificados, enquanto que em M3, Welder Knaf é o penúltimo dos dez primeiros que asseguraram a presença. A divulgação da lista final será no dia 30 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *