ATLETISMO – Países lusófonos conquistam medalhas no mundial de atletismo com deficiência intelectual

Depois da dupla conquista de ouro por Lenine Cunha, do ouro de Ana Filipa e da prata Portugal voltou a conquistar mais medalhas, levando já cinco títulos mundiais.

O dia de hoje viu Sandro Baessa vencer a prova dos 400 metros e a estabelecer um novo recorde nacional na distância enquanto Afonso Roll venceu a prova  nos 3.000 metros marcha. Lenine Cunha, o para-atleta mais medalhado do mundo, voltou a conquistar mais duas medalhas, uma de prata no salto em cumprimento, com a distância de 6,03 metros e a medalha de bronze na prova de estafeta masculina dos 4x200m, onde correu com Carlos Freitas, Carlos Lima e Sandro Baessa, terminando a prova com o tempo de 1.37,88 minutos. Ana Filipa conquistou mais duas medalhas de prata, desta vez no salto em comprimento e nos 60 metros barreiras. A última medalha de prata foi conquistada por Joana Silva que nos 3.000 metros marcha fez o tempo de 18.16,91 minutos.

As outras medalhas de bronze foram conquistadas por Cláudia Santos na prova dos 60 metros, terminando a prova com o tempo de 8,50 segundos. Domingos Magalhães, nos 60 metros barreiras terminou com o tempo de 9,22 e Carlos Freitas cumpriu os 400 metros em 52,28. Lêr Mais

Duplo ouro para Lenine Cunha (no total são quase 210 medalhas)

Aos 37 anos, Lenine Cunha soma mais 2 medalhas de ouro no Campeonato do Mundo de Desporto Adaptado, que está a decorrer na cidade polaca de Torun.

No triplo salto, o atleta luso alcançou a marca dos 12.62 mts. No pentatlo também ganhou o ouro com o total de 2.604 pontos.

Lenine Cunha comemorou recentemente 30 anos de carreira, sendo o atleta mundial mais medalhado de sempre do desporto adaptado, conquistas essas obtidas em Campeonatos do Mundo, da Europa e Jogos Paralímpicos. Lêr Mais

NATAÇÃO – Ana Marcela conquista prata no Fina Marathon Swim World Series

A nadadora brasileira Ana Marcela conquistou este sábado a medalha de prata na primeira etapa do Fina Marathon Swim World Series, que se realizou em Doha, no Catar.

A prova com 10 quilómetros foi disputada até ao fim tendo a nadadora brasileira terminado na segunda posição, atrás da alemã Leonie Beck, que terminou a maratona na agua com a vantagem de dois centésimos de segundo. O terceiro lugar no pódio foi alcançado pela campeã olímpica Sharon Van Rouwendaal.

As nadadoras portuguesas Angélica André e Mafalda Rosa terminaram na 20ª e 26ª posição respectivamente, com os tempos de 1.57.22,8 e 1.58.30,8. Lêr Mais